Menu

Biografia

Nasceu em Coimbra em 1983. Natural de Côja. Vive e trabalha no Porto. Durante o percurso académico realizou estudos intermédios em Lyon (França), Bolonha (Itália) e Sheffield (Inglaterra). Licenciou-se na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Mestre pela mesma Faculdade em Práticas e Teorias do Desenho. É mestre também pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação do Porto na área das Artes Visuais.

Das suas exposições individuais recentes destacam-se as exposições: “Onde andas Rainha Santa que o Sebastião nunca mais chega”, Museu Municipal de Espinho, Espinho 2016; ”Lucubrações para as partes vulneráveis da matéria”, Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, Amarante 2016; “E surpreendentemente a liberdade”, Ap Arte galeria de Arte Contemporânea, Porto 2015; “Desencarcerar a paisagem na pedagogia das fronteiras”, Universidade de Tás-os-Mostes e Alto Douro (UTAD), Vila Real 2015; “Nós na luz reconquistada”, Centro de Artes de Sines, Sines 2014; “Semeando espelhos no escuro da perspectiva – Alice na cidade” exposição multi espacial: Museu Nacional Machado de Castro, Galeria Pinho Dinis, Museu Municipal de Coimbra – Edifício Chiado, Centro de Estudos Sociais, Faculdade de Economia da UC, Faculdade de Letras da UC, Paço das Escolas da Universidade de Coimbra, Café Sta Cruz, Teatro Académico Gil Vivente, Coimbra 2014; “Padrão dos Encobrimentos”, Teatro Mu­nicipal da Guarda, Guarda 2014; “Fugindo da sombra da montanha”, Centro de Memória, Vila do Conde 2013; “Tal qual um cortejo Dionisíaco”, Espaço My Porto Cruz, Vila Nova de Gaia 2013; “Os mais resistentes na orla da madru­gada”, Galeria do Casino do Estoril, Estoril 2013; “Lavando o Açúcar na fonte acreditando em novos gerúndios”, Ap Arte galeria de Arte Contemporânea, Porto 2013; “Jornadas de um canário na mina de carvão”, Fundação D. Luís I, Cascais 2012; “Mar Por­tuguês uma conta que Deus não fez”, Galeria Municipal de Arte de Barcelos, Barcelos 2012; “Erguendo o sangue da terra”, Museu do Vinho Bairrada, Anadia 2011.

No presente ano de 2016 realizou, a convite da Federação Portuguesa de Natação a obra Institucional “Espírito Olímpico da Natação” para a celebração da FPN e dos seus atletas nos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil. Apresentou na Capital Europeia da Cultura de 2012 a sua maior obra. Exposta no Museu de Alberto Sampaio em Guima­rães, Paço dos Duques de Bragança, Centro de Memória Vila do Conde e Museu Nacional Machado de Castro. Participa regularmente com a sua obra no maior evento de elogio à poesia que decorre mensalmente há 16 anos no Teatro Campo Alegre do Porto, denominado de Quintas de Leitura.

Mário Vitória está representado em inúmeras colecções oficiais e particulares, nacionais e internacionais. 

 

Formação Académica

  • 2009/2010 – Mestre em Ensino em Artes Visuais na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação do Porto.
    Dissertação: Escrevendo no verso das folhas.
  • 2006/2009 – Mestre em Práticas e Teorias do Desenho na Faculdade de Belas Artes na Universidade do Porto.
    Dissertação: Riso e Violência nas práticas artísticas do desenho.
  • 2006/2007 – Especialização em Práticas e Teorias do Desenho na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
  • 2005 – Programa Erasmus, Accademia di Belle Arti di Bolonha, Itália.
  • 2001/2006 – Licenciatura em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
  • 1999 – Programa Sócrates, Lycée Leonardo Da Vinci, Lyon, França.